Tema: Lições à Sombra da Cruz - Pr.Eloi L. Moutinho

(Is 45:2) “Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro.”

Já estamos no início de mês de Fevereiro e com certeza temos muitos sonhos e projetos para este ano. Na Palavra de Deus encontramos inúmeras promessas que sertamente se cumprirão em nossa vida se o nosso coração e a nossa conduta tiverem conformados ao coração do Pai. “Agrada-te do Senhor e Ele satisfará os desejos do seu coração” (Sl.37:4)

Uma destas promessa se encontra em Isaias 45, onde Deus diz para o Seu povo, não temas, não fraqueje, não murmure, Eu sou o teu Deus, “Eu irei adiante de ti...” creia nesta palavra, nada que você vier a fazer você estará sozinho, Deus está indo à sua frente.

Com certeza neste ano de 2008 você anseia algo de Deus, anseia algo  para a sua vida. Saiba que Ele está indo adiante, tudo o que for fazer entregue ao Senhor e com fé, creia que “Ele estará endireitando os caminhos tortuosos”. Isto quer dizer que enfrentaremos obstáculos, lutas e grandes perseguições. Porém, com Ele à nossa frente montes se tornarão planices, vales áridos se tornarão mananciais e caminhos tortuosos se endireitarão.

 Quando você se entrega inteiramente ao Senhor não há nada que lhe possa impedir de prosperar, de crescer, de andar de vitória em vitória.

Deus tem outra promessa para você: “Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.” (is 45:3). Não fique vivendo na mesmice, o Senhor tem novos tesouros para o seu povo. Experimente viver o melhor ano de sua vida espiritual. Conheça a Deus de uma forma como nunca o conheceu numa vida de intimidade na oração, na Palavra em todos os seus caminhos.

                                                    Rev. Eloi Moutinho

Baseia suas conclusões e disposição nas promessas do Senhor: Estas promessas foram:

O Senhor vos dará uma terra boa, terra que mana leite e mel.
Se ouvirem a minha voz, então o Senhor teu Deus os fará entrar na terra que sob juramento prometi dar a teus pais.
Os que tem a natureza de livres, além de olhar para as coisas celestiais também se governam por elas, estão debaixo do comando do Senhor e permitem ao Espírito livrar-lhes de todo o sentimento falso – nada poderá nos separar do amor de Deus que está em Jesus Cristo.
Quando o filho de Deus está dentro da vontade do Senhor não há lugar para a murmuração, mesmo que as circunstâncias sejam contrárias.
O Senhor jamais nos conduz a um lugar onde a sua graça não supra as nossas necessidades.

A incredulidade provoca a Deus

Deus irá ferir os incrédulos  - quanto mais aqueles que tem rejeitado e duvidado da mensagem de Jesus, serão apanhados como o dilúvio apanhou aqueles que não deram ouvidos a Moisés.
Como Paulo fala em suas cartas, nós que somos filhos de Deus e libertos do pecado não podemos viver mais como se estivéssemos debaixo do julgo da escravidão, não podemos:

  • servir ao pecado como se fossemos escravos dele, pois Cristo nos libertou
  • não podemos servir os rudimentos deste mundo como se fossemos escravos dele, pois foi para a liberdade que Cristo nos chamou;
  • não podemos ser abatidos por esta ou aquela circunstância porque o Espírito de Deus está em nós;
  • antes, devemos crescer como Filhos do Seu amor, nos fortalecermos no Senhor e na força de seu poder, deixando para traz  toda a velha natureza e prosseguindo para as coisas que diante de nós estão, para alcançarmos o prêmio da soberana vocação em Cristo.

Rev. Eloi Moutinho

 

Avivamento" é uma palavra muito bíblica, significando reviver. Não deveríamos perdê-la por causa de abusos. O conceito de avivamento também é muito bíblico: retornar ao Senhor, humilhar-se e começar a ter uma vida purificada, transformada, produzindo mais dos frutos do Espírito Santo. Todo avivamento começa com oração, confissão de pecados e renuncia de coisas, relacionamentos e todo tipo de embaraço. Avivamento também começa com a morte do “eu”, isto é, passamos a viver uma vida de cruz. Como Paulo podemos  dizer: “não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim. Já estou crucificado com Cristo”. (Gl. 2:19-20) "Aviva a tua obra, ó Senhor, no decorrer dos anos" — é uma oração ensinada pelo próprio Espírito Santo. E o Senhor nos convoca a renovarmos a aliança que ele estabeleceu conosco, renová-la em todos os seus aspectos. O Senhor mesmo disse que estria conosco todos os dias, até a consumação dos séculos.  O dia de Pentecostes é considerado o dia inaugural da Igreja . Foi naquele dia que tudo começou, quando o Espírito Santo veio e encheu aquele primeiro grupo de crentes que cheios do poder do alto alcançou milhares de vidas para Cristo e fez prodígios, sinais e maravilhas. Eu creio que estamos prestes a experimentar um poderoso avivamento, algo novo está para acontecer e eu quero ver e experimentar isso na minha vida. Meu irmão, saia da mesmice e comece a buscar esta vida abundante que Cristo tem para lhe dar.

Rev. Eloi Moutinho

Direção  I. Dalcimar e Pr. Gilialdo

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor." I Coríntios 15:58

 Havia um chinês, cuja esposa disse ao marido:
 "Gostaria de ganhar um casaco novo".
O marido perguntou-lhe:
 "E o que você fará do casaco velho?"
Ela respondeu:
 "Farei dele uma colcha".
Ele continuou:
 "E o que fará da colcha velha?"
Disse ela:
"Vou transformá-la em fronhas".
Ele insistiu:
 "O que fará você das fronhas velhas?"
Ela replicou:
 "Farei novos panos de limpeza".
Perguntou ele:
 "E que fará dos velhos panos de limpeza?"
Ela respondeu:
 "Amarrá-los-ei a um cabo e terei um esfregão."
Ele ainda indagou:
 "O que você fará do velho esfregão? "
E ela:
 "eu o reduzirei a pedacinhos, misturarei esses pedacinhos com cimento e, com essa massa, na primavera, taparei os buracos de nossa cabana."
Ele, afinal, concordou:
 "Está bem. Eu lhe darei um casaco novo!"
Se um oriental pode achar uma boa aplicação e um bom uso para tudo - o que Deus pode fazer?
Deus não tem cestas de lixo.
 Ele tem um propósito para cada lugar e cada pessoa debaixo do sol.

 Floresça onde você está.

Todos nós fomos criados por Deus para que vivêssemos uma vida na direção e no mover do Espírito Santo. Quando analisamos tudo aquilo que o Senhor fez na criação,  observamos que Deus deu ao homem soberania, pois chamou-o e lhe disse: "Você será um vencedor, e todas as obras que Eu fiz, sujeitar-se-ão a você, terá domínio sobre os animais, a natureza e todas as coisas, porque hoje o constituo como cabeça de toda minha criação" . 

Na verdade este foi e continua sendo o plano de Deus para a vida do homem, aquele que Ele criou para coroar toda sua criação. Porém o homem se desconectou do plano original de Deus, desviando-se dele e deixando de conquistar as vitórias e o lugar de soberania estabelecidos originalmente pelo Senhor. E começou, assim, uma longa e árdua caminhada para uma vida repleta de derrotas. Quanto  mais a ciência e a tecnologia avançam, mais o homem continua Fracassado e miserável, cumprindo a palavra de Romanos 6:23, que nos afirma que o salário do pecado é a morte.

Mas Deus, na sua eterna misericórdia, olhou para o homem falido, derrotado, cansado, necessitado, e então preparou para ele um plano perfeito de redenção: Jesus Cristo! Aquele que veio para resgatar o homem, devolvendo-lhe a soberania e trazendo o equilíbrio necessário para conduzi-lo ao centro da vontade de Deus, a fim de que ele não se conforme com a derrota e passe a viver uma vida de vitórias, na plenitude do Espírito de Deus (Rom 12: 1 ,2 e Rom. 8: 26-28). E se você crê que de fato todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, você na verdade deve alegrar-se no Senhor em todas as situações, pois ao final de cada uma delas Ele mesmo nos dará bom êxito.  A partir do momento que aceitamos Jesus como nosso único e suficiente Salvador, recebemos através do seu precioso sangue a marca real que nos habilita a ser mais do que vencedores, conforme as promessas de vitória que Deus reservou para a sua Igreja.

                                 Rev.  Eloi Moutinho

"Mas agora, ó SENHOR, tu és nosso Pai; nós o barro e tu o nosso oleiro; e todos nós a obra das tuas mãos." Isaías 64:8.

O fabricante de lápis falou com cada um de seus lápis:  “Há cinco coisas que você precisam saber antes de eu lhe enviar para o mundo. Sempre se lembre delas e se tornará o melhor lápis que pode ser: (1) Você fará grandes coisas, mas só se estiver seguro na mão de alguém.  (2) Você experimentará um doloroso processo de ser afiado de vez em quando, mas é necessário se quiser se tornar-se um lápis melhor. (3) Você pode corrigir qualquer mal-entendido que ocasionar.  (4) A sua parte mais importante sempre estará do lado de dentro. (5) Não importa a condição, continue a escrever; sempre deixe uma marca clara e legível, mesmo nos dias difíceis. Todos prometeram lembrar-se sempre disso e entraram na caixa. Compreenderam plenamente o propósito do fabricante. Lembre-se Cada um de nós é como um lápis. Deus é o nosso criador e precisamos estar sempre seguros em suas mãos para cumprirmos o propósito da vida. Somente assim poderemos fazer grandes coisas para Ele.  Às vezes DEUS nos corta, nos limita, nos prova, nos deixa passar por momentos duros. Assim, ELE nos afia para melhor escrevermos as coisas que Ele quer. Deus pode mudar qualquer coisa em nós.  Pertencemos a Ele, e mesmo que erremos, Ele nos perdoa e nos ensina a recomeçar. Se quebrarmos, Ele nos faz de novo para sua honra e glória. Seu coração, sua mente, seus desejos são mais importantes do que o exterior. Viva por ser e não apenas por ter ou aparecer. Não importa o tamanho dos desafios, da angústia que vier continue escrevendo. Não importa o valor do lápis, o importante é que ele escreva e o que esta sendo escrito através dele. Confie em DEUS de todo teu coração e não se apóie na sua própria inteligência.“Lembre de DEUS em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará caminho certo.”

 

 

Salmo 1

            A mensagem central do Salmo 1 é clara; se desejamos as bênçãos de Deus, também precisamos preencher certas condições.

1. Devemos ser dirigidos pela Palavra (vs.1-2)

Estamos no mundo, mas não pertencemos a ele. Diariamente temos que tomar decisões e com sabedoria fugir do conselho dos ímpios. Se seguirmos os conselhos errados, ficaremos com as companhias erradas e, por fim, nos assentaremos com as pessoas erradas. O prazer na Palavra e a meditação sobre ela devem andar juntos; isto porque pensamos naquilo que nos dá prazer e buscamos aquilo que acreditamos ser verdadeiro. Na Palavra de Deus encontramos respostas para todas as questões da vida. O que está faltando muito para os nossos dias é a paciência em tomar mais tempo para a meditação na Palavra. Às vezes é mais fácil e rápido buscar conselhos com pessoas para tomar decisões importantes do que meditar na Palavra. Infelizmente a Bíblia tem deixado de ser a base para tomada de decisões, e isto tem levado muita gente a seguir conselhos de ímpios.

2. Devemos ser bênção para outros (.v2)

Deus nos abençoa para que possamos abençoar outros. Se as bênçãos ficarem somente conosco, as dádivas se tornaram mais importantes do que o Doador. Devemos nos tornar canais das bênçãos de Deus para outros. É uma grande alegria receber uma bênção, mas alegria maior ainda é ser uma bênção. Assim como uma árvore, o crente temente a Deus é cheio de vida, beleza e frutos. Quanto mais servimos e abençoamos, mais recebemos da fonte de tudo que e Deus.

3. Ter raízes espirituais profundas.(v.3)

A parte mais importante da vida do cristão são suas raízes que se alimentam dos recursos espirituais na pessoa do Senhor Jesus. Nele recebemos vida espiritual abundante, permanente; e prosperidade em todas as coisas que colocamos as mãos para fazer.

 Rev. Eloi Moutinho

<<  12 13 14 15 16 [1718  >>  

Eventos

Video Semanal